Artigo em periódico, InCantare, 2016

Reabilitação Cognitiva e Musicoterapia

Por: Verônica Magalhães Rosário, Cybelle Maria Veiga Loureiro
Palavras-chave: Musicoterapia neurológica, Reabilitação cognitiva, Atenção, Memória, Funções executivas

As técnicas modernas de neuroimagem permitiram a documentação de alterações funcionais, estruturais e de padrões de conectividade no cérebro relacionadas com o fazer musical. Evidências científicas demonstram que a neuroplasticidade cerebral estimulada pelo treinamento musical pode produzir modificações em habilidades cognitivas. Estudos recentes nas neurociências, neuromusicologia e cognição musical tem dado destaque ao papel da música na reabilitação cognitiva. Os resultados oferecem um importante suporte para as pesquisas clínicas realizadas na área da musicoterapia. A principal abordagem que desenvolveu técnicas em que a música é utilizada como elemento mediador de respostas funcionais reorganizadas através de intervenções terapêuticas sistemáticas é a Musicoterapia Neurológica. O presente artigo busca apresentar alguns conceitos fundamentais resultantes de pesquisas que descrevem a utilização da música no treinamento e reabilitação de funções cognitivas como atenção, memória e funções executivas. A utilização da música na reabilitação cognitiva parece ser uma área promissora para a pesquisa em musicoterapia, principalmente valendo-se dos embasamentos teóricos nas áreas afins e das práticas resultantes dessa multidisciplinaridade.

Cognitive Rehabilitation and Music Therapy

Modern neuroimaging techniques have allowed documentation on functional, structural and changes on brain patterns of connectivity related to music making. Scientific evidences on brain neuroplasticity showed that stimulation by musical training can produce changes in cognitive abilities. Recent studies in neuroscience, neurological musicology and musical cognition highlight the role of music in cognitive rehabilitation. Their results provide an important support for clinical research in music therapy. The main approach that developed techniques which music is used as a mediator of functional responses reorganized through systematic therapeutic interventions is Neurologic Music Therapy. This article aims to present some fundamental research concepts that describe the use of music in training and rehabilitation on cognitive functions such attention, memory and executive function. The use of music on cognitive rehabilitation seems to be a promising area for research in music therapy, especially drawing on the theoretical grounds of related areas and practices resulting from this multidisciplinary approach.

CategoriaInCantare
Ano
Por
IdiomaPortuguês
Link
TipoArtigo em periódico
CódigoINCANT2016V7N1A1
Notificar ao Amplificar um problema sobre este texto (INCANT2016V7N1A1)