Por uma análise pela composição: a concepção intervalar de Almeida Prado nas Cartas Celestes I
Por uma análise pela composição: a concepção intervalar de Almeida Prado nas Cartas Celestes I
Artigo em periódico, OPUS, 2017

Por uma análise pela composição: a concepção intervalar de Almeida Prado nas Cartas Celestes I

Por: Edson Hansen Sant'Ana
Palavras-chave: Análise pela composição, Dissonância e polaridade, Intervalo característico, Ressignificação do material

Este texto busca fazer um estudo teórico-crítico revisando os propósitos de uma análise musical, levando em conta os conceitos discorridos por Cook, Kramer, Laborde e uma série de autores significativos que corroboram as ideias aqui desenvolvidas. Diante de uma detalhada observação que comprovou um processo intervalar que Almeida Prado chamou de “expressividade intervalar”, nos mesmos termos do fenômeno e a partir de pesquisas recentes, venho propondo uma superação terminológica em direção ao que tenho chamado “intervalo característico” – a tradução dessa recorrência estrutural de intervalos mais potenciais de dissonância que são contrastantes aos sete intervalos iniciais e consonantes da série harmônica. Descendente da observação à produção pós-ruptura de Almeida Prado, à teorização aqui apresentada, buscou-se um aprofundamento com algumas tangências conceituais entre teorias aparentemente díspares (ex.: “polaridade” de Costère e interval class de Forte). Como comprovação analítica intervalar apresentou-se alguns dos muitos recorrentes casos em Cartas Celestes I.

For an Analysis by Composition: The Conception of Interval of Almeida Prado in Cartas Celestes I

This paper seeks to conduct a theoretical-critical study by revising the purpose of a musical analysis and considering the concepts discussed by Cook, Kramer, Laborde and a series of significant authors that corroborate the ideas developed here. In light of detailed observations that confirmed an interval process that Almeida Prado called expressividade intervalar (intervalar expressivity [or ‘intervallic’]), using the same terms of the phenomenon and from recent research, we propose a terminology enhancement towards what we call characteristic interval−the translation of this structural recurrence of intervals of higher potential dissonance that are in contrast with the seven initial intervals and consonants of the harmonic series. Descending from the observation of the post-rupture production of Almeida Prado to the theorization presented here, we aimed to deepen aspects of the conceptual tangencies between seemingly disparate theories (e.g., Costère polarity and Forte's interval class). As proof of an analysis based on intervals, some of the many recurring cases were presented in Cartas Celestes I.

CategoriaOPUS
Ano
Por
IdiomaPortuguês
Link
TipoArtigo em periódico
CódigoOPUS2017N1A2
Notificar ao Amplificar que este texto não está disponível (OPUS2017N1A2)