Artigo em periódico, OPUS, 2014

A classificação da música na obra de Jean-Jacques Rousseau

A historiografia musical reconhece o filósofo Rousseau, basicamente, por sua participação em três eventos do século XVIII. O primeiro evento foi a reviravolta causada pela formulação da noção do baixo fundamental por Jean-Philippe Rameau; o segundo, a criação da enciclopédia por Diderot e d’Alembert, tendo nos escritos de Rousseau a principal contribuição para a Música como área de conhecimento; e finalmente, o evento conhecido como a Querela dos Bufões (1753), no qual Rousseau discutiu os relativos méritos da ópera cômica italiana e da ópera trágica francesa. Neste trabalho pretende-se mostrar, através do enfoque da História da Ciência, de que forma Rousseau desenvolveu sua argumentação nos documentos relativos aos eventos anteriormente citados e, principalmente, na definição de seus verbetes do Dictionnaire de musique, possibilitando a identificação da sua concepção, ou concepções, da Música como área de conhecimento.

Music Classification in the Works of Jean-Jacques Rousseau

Music historiography recognizes the philosopher Rousseau, basically, for his participation in three events during the eighteenth century. The first event was the dispute caused by the development of the notion of the fundamental bass by Jean-Philippe Rameau; the second, the creation of an encyclopedia by Diderot and d’Alembert where the writings of Rosseau were the main contribution to music as an area of knowledge; and finally, the event known as Querelle des Bouffons (1753) where Rousseau discussed the relative merits of the Italian comic opera and the French tragic opera. This work attempts to illustrate, by focusing on the history of science, how Rousseau developed his arguments in documents related to the events mentioned above and, principally, in defining his entries in the Dictionnaire de musique, allowing us to identify his conception, or conceptions, of music as an area of knowledge.

CategoriaOPUS
Ano
Por
IdiomaPortuguês
Link
TipoArtigo em periódico
CódigoOPUS2014N1A2
Notificar ao Amplificar um problema sobre este texto (OPUS2014N1A2)