Tese de Doutorado, Unicamp, 2013

"Transcriação": o processo de tradução da obra Pierrot Lunaire de Arnold Schoenberg por Augusto de Campos - uma análise a partir da ótica melopoética

Com o objetivo de prover material de pesquisa capaz de auxiliar futuros tradutores de obras vocais, o presente trabalho é um estudo interdisciplinar que reúne teóricos da linguística e da música, com o fim de delimitar e aprofundar, por meio de uma análise de caso, ferramentas que auxiliem o processo de tradução de obras vocais. Partindo do princípio que texto e a música são fenômenos sonoros indissociáveis, neste trabalho, recorremos à melopoética como fio condutor desse processo criativo. Diante de tal corrente de estudo que trabalha especificamente com as questões sonoras que permeiam letra e música, as ferramentas de trabalho que desenvolvemos possuem íntima relação com esses fenômenos. Métrica, acentuação rítmica, prosódia, rimas internas e externas e os processos de união e separação de palavras em música são os elementos que foram aqui aprofundados, em uma pesquisa quem sua essência, promove a intercomunicação entre a música e a linguística. A tese tem um capítulo introdutório, com um levantamento bibliográfico de autores clássicos e atuais da área de tradução, especificamente de tradução poética. Na introdução também é apresentada a linha de pensamento na qual iremos desenvolver nossa análise: a melopoética. As ferramentas que serão defendidas e utilizadas como parâmetro na análise de caso são expostas no primeiro capítulo, enquanto no segundo capítulo é desenvolvida a análise da obra Pierrot Lunaire de Arnold Schoenberg, traduzida por Augusto de Campos, com a participação da maestrina e cantora Edmar Ferreti, figura fundamental nesse processo de tradução.

With the aim of providing research material able to help future translators of vocal works, this paper is an interdisciplinary study that brings together theoretical linguistics and music, in order to define and develop, through a case analysis, tools to assist the translation process of vocal works. Starting from principle that text and music are inseparable sound phenomena, in this work we resort to the theory of melopoetics as the connecting line for this creative process. With this line of work that deals specifically with the issues that permeates music and text the tools we have chosen have close relation with these aspects. Metric, rhythmic accentuation, prosody, internal and external rhymes, and processes of union and separation of words in music, are the elements that have been discussed here, in a research that, in its core, promotes the intercommunication between music and language. The thesis has an introductory chapter, with a discussion of bibliography of current and classic authors in the area of translation, specifically poetic translation. Also included in the introduction is the line of thought in which we will develop our analysis: melopoetics. The tools that will be defended and used as a parameters in the analysis of the case study are stated in the first chapter, while the second chapter analyses Arnold Schoenberg's work Pierrot Lunaire, translated by Brazilian author Augusto de Campos, with the participation of the conductor and singer Edmar Ferreti, key figure in this translation process.

CategoriaUnicamp
Ano
Por
IdiomaPortuguês
Link
TipoTese de Doutorado
CódigoUNICAMP2013T1
Notificar ao Amplificar um problema sobre este texto (UNICAMP2013T1)