Dissertação de Mestrado, UDESC, 2013

"No nosso mundo a gente inventa": um estudo sobre a aprendizagem criativa em uma oficina de música para crianças

Atenção: este texto está contido em mais de um arquivo. Os links se encontram na descrição abaixo.

Links: Parte I - Parte II - Parte III - Parte IV - Parte V

Esta pesquisa teve o objetivo de investigar as dinâmicas que movimentam as ideias de música de crianças participantes de uma oficina de música, analisando e documentando como essas ideias são compartilhadas e transformadas na comunidade de prática e aprendizagem estabelecida em sala de aula. A pesquisa focaliza a perspectiva das crianças, buscando compreender o modo como elas se relacionam com música e interagem socialmente dentro e fora da Oficina. O estudo é fundamentado em pesquisas no campo da aprendizagem criativa nas áreas de educação e educação musical. Essas pesquisas ressaltam a importância de envolver as crianças no processo de aprendizagem, entendendo-as como agentes ativos e coconstrutores de conhecimento. Nessa perspectiva, a criatividade na educação focaliza os processos de construção coletiva de conhecimento, no qual são ressaltados: a imaginação; o pensamento; a inventividade; a experimentação; a agência e o protagonismo e a independência dos estudantes na construção de significados (CRAFT et al, 2008; AROSTEGUI, 2012). Foi realizado um estudo de caso qualitativo em uma Oficina de Música para crianças de 6 a 11 anos, oferecida à comunidade enquanto projeto de extensão da Universidade do Estado de Santa Catarina. O desenho metodológico da pesquisa buscou documentar a aprendizagem das crianças, através de um conjunto articulado de coleta de dados: (1) observação e registro em vídeo de aulas ao longo do ano; (2) entrevistas semiestruturadas iniciais com as crianças; (3) entrevistas de estimulação de recordação com vídeos editado das observações, a partir dos quais as crianças analisaram e refletiram sobre suas produções colaborativamente; e (4) registros produzidos voluntariamente pelas crianças em diários individuais, produzidos para a pesquisa e chamados de cadernos de ideias de música. A análise dos dados foi dividida em duas categorias: a primeira discute os registros das crianças nos cadernos e como elas refletem e compartilham suas ideias de música a partir de conversas sobre esses apontamentos; e a segunda analisa as atividades realizadas na Oficina, visando compreender os movimentos dinâmicos acionados na sala de aula, especialmente nas atividades de composição musical. Os resultados revelam que ideias de música são compartilhadas e transformadas em sala de aula, em processos de negociação percebidos entre as crianças, enquanto trabalhavam colaborativamente, incluindo as professoras. A pesquisa ressalta também a importância de ouvir as crianças, valorizar sua perspectiva e proporcionar ambiente que possibilite o desenvolvimento de sua agência e a configuração de uma comunidade de aprendizado e prática musical na sala de aula. Sob a óptica do referencial da aprendizagem criativa, argumenta-se pela importância de conhecer as ideias de música das crianças para que a educação musical possa intervir de forma relevante e significativa, reconhecendo e valorizando os olhares das crianças sobre seus processos de aprendizagem musical.

The objective of this study was to investigate the dynamics that bring out the ideas of music of children who participated in a music workshop, by analyzing and documenting how these ideas are shared and transformed in the community of practice and learning established in the classroom. The study focused on the children’s perspective, with the intent of comprehending how they relate to music and interact social within and outside the Workshop. The theoretical basis of the study was based on research studies of the field of creative learning in the areas of education and music education. These researches studies point out the importance of involving the children in the process of learning – viewing them as active agents and coconstructors of knowledge. Within this perspective, the creativity in education focuses on the processes of collective construction of knowledge in which the following aspects are pointed out: imagination, thinking process, inventing process, experimentation, the agency, protagonism and independence of the students in the construction of meanings (CRAFT et al, 2008; AROSTEGUI, 2012). A qualitative case study was conducted in a Music Workshop for children ages 6 to 11, offered to the community as an extension project of Santa Catarina State University. The methodological design tried to document the learning process of the children through an articulated group of data collection: (1) observation and video recording of the classes during the year; (2) initial semi-structured interviews with the children; (3) memory stimulation with edited videos of the observations, from which the children analyzed and reflected about productions in a collaborative manner and (4) notes voluntarily taken by the children in individual diaries, which were produced for the research and called ideas of music notebooks. The data analysis was divided in two categories: the first discussed the children’s notes in the notebooks and how they reflected and shared their ideas of music based on conversations about these observations, and the second analyzed the activities performed in the classroom, especially in the activities of musical composition. The results revealed that the ideas of music are shared and transformed in the classroom through processes of negotiation perceived among the children while working collaboratively, including the teachers. The study points out also the importance of listening to the children, valuing their perspective and offering an environment that offers the possibility of developing the agency and configuration of a community of learning and musical practice within the classroom. Under the optic of the referential of creative learning, the importance of knowing the ideas of music of the children is strongly advocated in order for the musical education to intervene in a relevant and significant manner, recognizing and valuing the point of views of the children about their processes of musical learning.

CategoriaUDESC
Ano
Por
IdiomaPortuguês
Link
Link (info)Link indireto
TipoDissertação de Mestrado
CódigoUDESC2013D14
Notificar ao Amplificar um problema sobre este texto (UDESC2013D14)