Dissertação de Mestrado, UnB, 2010

"Eu ensino da mesma forma que aprendi": práticas e saberes de três professores de piano em início de carreira, licenciados em educação artística - música, habilitação - piano

O início de carreira docente para alguns é um momento difícil e para outros nem tanto. As incertezas deste início somam-se muitas vezes à instabilidade no emprego. Considerando a fase de entrada na carreira, esta dissertação se propôs a estudar os saberes que professores de piano em início de carreira mobilizam na sua prática docente. A linha de pesquisa é formação de professores e a metodologia adotada foi o estudo de caso com abordagem qualitativa. O referencial teórico baseou-se nos estudos sobre os saberes docentes segundo Tardif (2007) e o ciclo profissional de acordo com Huberman (1995), complementados por Araújo (2005). Os dados foram coletados por meio de entrevistas semiestruturadas e observações não participantes. Participaram deste estudo três professores egressos da Universidade Federal de Uberlândia, licenciados em Educação Artística – Habilitação em Música – piano, em início de carreira – fase de entrada (de 01 a 03 anos de atuação). A análise e resultados demonstram que o repertório de conhecimento dos professores de piano em início de carreira estão relacionados à sua formação musical e docente e às suas experiências como músico e professores e às situações de trabalho vivenciadas no início de carreira docente. Os professores mobilizam em sua prática principalmente os saberes experienciais que são adquiridos na sua experiência como aluno de piano e de música e nos seus diferentes contextos de atuação profissional. Os resultados apontam para a necessidade de desenvolver saberes relacionados com a música popular, as novas tecnologias e atividades de produção musical.

For some, the beginning of a teaching career is a difficult moment, whereas it is not as much for others. The uncertainties of this beginning are many times summed up by the instability in the job. Considering the career beginning phase, this paper aims at studying the knowledgements that piano teachers mobilize in their teaching practice at the beginning of a career. Its line of research is on teachers’ education, and the methodology adopted was the case study with qualitative approach. The theoretical background is based on the studies of teaching knowledgements according to Tardif (2007) and the professional cycle according to Huberman (1995), complemented by Araújo (2005). The data were collected by means of semi-structured interviews and non-participant notes. Three graduate students in Artistic Education – Major in Music – piano, in the beginning of their career – 01 to 03 years teaching, from Universidade Federal de Uberlândia, also took part in this study. The analysis and results have pointed that the repertoire of knowledge of the piano teachers in the beginning of their career is related to their musical and teaching education as well as to their experiences as musicians and teachers and the working situations lived in the beginning of a teaching career. The teachers mobilize in their practice especially the experimental knowledge that is acquired in their experience as piano and music learners and their different contexts of professional performance. The results show the need of developing knowledgements related to popular music, new technologies and activities of musical production.

CategoriaUnB
Ano
Por
IdiomaPortuguês
Link
TipoDissertação de Mestrado
CódigoUNB2010D5
Notificar ao Amplificar um problema sobre este texto (UNB2010D5)