A formulação da Favola in musica de Jacopo Peri: uma tradução e estudo do prefácio a Euridice (1600)
A formulação da Favola in musica de Jacopo Peri: uma tradução e estudo do prefácio a Euridice (1600)
Artigo em periódico, Música Hodie, 2016

A formulação da Favola in musica de Jacopo Peri: uma tradução e estudo do prefácio a Euridice (1600)

Por: Gustavo Angelo Dias, Helena Jank
Palavras-chave: Jacopo Peri (1561-1633), Monodia acompanhada, Música barroca italiana, Ópera

Neste artigo buscamos tecer uma visão da proposta monódica de Jacopo Peri (1561-1633), compositor italiano pertencente à geração que estabeleceu as bases da monodia acompanhada e do stile rappresentativo, pressupostos essenciais ao desenvolvimento do estilo barroco e do surgimento da ópera. Para tanto, apresentamos uma tradução do primeiro texto a apresentar as características e os propósitos estéticos da monodia acompanhada, o prefácio à ópera Euridice (Florença, 1600), contextualizada por uma abordagem dos aspectos históricos envolvidos no desenvolvimento e na formulação da monodia e da publicação da obra. Buscamos também tecer uma análise dos elementos de performance envolvidos no texto, nos atendo às peculiaridades da pesquisa de Peri e aos ideais buscados pelo autor de retomada de um estilo de canto que, segundo acreditava, teria sido utilizado nas encenações das tragédias na antiguidade.

The formulation of Jacopo Peri’s favola in musica: a traslation and study of Euridice’s preface (1600)

In this article we seek to build a vision of the monodic proposition by Jacopo Peri (1561-1633), Italian composer of the generation that laid the foundations of accompanied monody and the stile rappresentativo, key assumptions for the development of the Baroque style and the emergence of Opera. Therefore, we present a translation of the first text to present the characteristics and aesthetic purposes of accompanied monody, the preface to the Opera ‘Euridice’ (Florence, 1600), contextualized by an approach of historical aspects involved in the development and formulation of monody and the publication the work. We also seek to analyse the performance elements found in the text, and the peculiarities of Peri´ research and the ideals pursued by the author of resumption of that singing style, he believed, it would have been used in performances of tragedies in antiquity.

La formulación de la favola in música de Jacopo Peri: una traducción y estudio dela prefacio a la Euridice (1600)

En este artículo tratamos de tejer una visión de la propuesta monódica de Jacopo Peri (1561 hasta 1633), compositor italiano que pertenece a la generación que estableció las bases de la monodia acompañada y del stile rappresentativo, presupuestos esenciales para el desarrollo del estilo barroco y del surgimiento de la ópera. Por lo tanto, presentamos una traducción del primer texto que presentó las características y propósitos estéticos de la monodia acompañada, el prefacio de la ópera Euridice (Florencia, 1600), contextualizada por un abordaje de los aspectos históricos envueltos en el desarrollo y formulación de la monodia y de la publicación de la obra. También tratamos de tejer un análisis de los elementos de performance envueltos en el texto, ateniéndose a las peculiaridades de la investigación de Peri y a los ideales perseguidos por el autor de la reanudación de ese estilo de canto que, a su juicio, habría sido utilizado en representaciones de tragedias en la antigüedad.

CategoriaMúsica Hodie
Ano
Por
IdiomaPortuguês
Link
TipoArtigo em periódico
CódigoHODIE2016V16N1A11
Notificar ao Amplificar que este texto não está disponível (HODIE2016V16N1A11)